Peru

Máncora

(09.11.2007) O dia começou super cedo, peguei o 1º busão as 6:45 rumo a Guayaquil, chegando lá fui procurar a rodoviária. Após procurar um pouco achei 2 cias de busão para o Peru, alias 1 só ia até a fronteira partindo as 12:10 e a outra iria direto pro Peru mas somente as 20:30. Como não quis ficar plantado na rodoviária peguei o busão pra fronteira, Huanguaio (ou algo assim). De lá fiz a saída do país e atravessei a pé para o Peru. Depois de fazer a entrada oficial descobri que eu tava uns 20km de Tumbes, como já era umas 18:30 resolvi pegar um táxi para de lá pegar o busão rumo a Máncora. Após procurar um pouco achei o busu e cheguei em Máncora as 22:30 todo triturado de tanto busu e ainda tive que procurar um lugar para pernoitar. Ainda bem que Máncora é somente um vilarejo. Após entrar em meia dúzia de pousadas escolhi a melhorzinha delas e caí morto na cama.

(10.11.2007) O dia amanheceu lindo. Fui logo dar uma caminhada na praia pra reconhecimento do lugar. Tomei café da manha e voltei pra praia. Descobri que Máncora é famoso pelas excelentes ondas de esquerda, inclusive teve campeonato mundial de surf aqui na semana passada, perdi por pouco. Então me empolguei e resolvi surfar, arrumei um lugar que aluga pranchas e parti com tudo pra dentro do mar. A frequência de ondas estava baixa, mas elas estavam ótimas. Após algumas tentativas consegui até ficar de pé. Encontrei com um casal brasileiro dentro da água e marquei de tomar umas cervejas com eles de noite. Tomamos umas cervas na rua principal, muita gente ligada ao surf por lá. Tinha um grupo de artistas que fizeram uma apresentação com fogo, bem legal.

(11.11.2007) Acordei com a musculatura toda dolorida, o surf acabou comigo, acho que exagerei um pouco :) Como sou insistente, resolvi surfar mais, mas somente depois de um ótimo café da manha, que tomei num restaurante de comida integral a beira mar. A tarde voltei pro mesmo restaurante para almoçar. Ao escurecer ainda fui correr na praia para curtir o visu do pôr do sol. De noite apaguei super morto.

(12.11.2007) Continua fazendo um solzaço, e eu já estou todo queimado de tanta praia. Passei camada extra de protetor antes de ir pra praia. O mar estava flat, com isso não tive como surfar. Fiquei estudando um pouco na beira da praia e voltei pro hotel devido ao sol. Fiz as minhas malas para pegar o busão rumo a Lima, 16h de viagem, e parti.



Lima

(13.11.2007) De manha ainda no busu passaram o filme “Pay it Forward”, muito bom, um dos melhores que eu vi nos últimos tempos. O visual durante a chegada a Lima não é dos mais agradáveis, favela que não acaba mais. Chegando na rodoviária peguei um taxi para Miraflores, onde fica meu hotel. Caminhei um pouco no final da tarde até a orla, comi num shopping por ali mesmo e voltei pro hotel.

(14.11.2007) De manha meu irmão Rodrigo chegou do Brasil. Fizemos o roteiro turístico de Lima, passando pelo parque 7 de junho, depois por umas ruínas no meio da ciade, e por último pelo mercado popular.



Cusco / Machu Picchu

(15.11.2007) De manha cedo pegamos o voo para Cusco. Chegamos e arrumamos um hotel para pernoitar e logo fomos a procura do pacote turístico mais procurado no Peru, Machu Picchu. Existem milhões de opções, e os preços variam de acordo. Escolhemos uma trilha Inca que inclui trekking de bike no 1º dia, e depois caminhada até Aguas Calientes para no último dia fazer o parque de Machu Picchu e voltar de trem.

Depois disso ficamos perambulando por Cusco, passando por algumas atrações turísticas. Foi um dia meio light para nos nós acostumarmos a altitude.



(16.11.2007) Uma van pegou a gente de manha cedo no hotel e partimos para o 1º dia dessa aventura, 70km de bike. A van nos deixou no alto de umas montanhas, tomamos o 2º café da manha lá e logo depois começamos a pedalar. Passamos por vários vilarejozinhos. E no final do dia chegamos na vila na qual vamos pernoitar. Rolou um banho merecido, depois jantar e cama.

(17.11.2007) Acordei ainda meio quebrado do passeio de bike de ontem. Tomamos todos café da manha e partimos para 23km de caminhada pelas trilhas. Passamos por várias pontes abandonadas, fizemos tiroleza pelo Rio, trilhas na beira do abismo. Foi super divertido. Para fechar bem o dia, o 2º vilarejo tinha umas piscinas de águas termais, foi ótimo se jogar nas águas após tanto esforço. E de brinde o pessoal tomou uma cerveja. O albergue no qual colocaram a gente era muito ruim, meio sujo e nada confortável.

(18.11.2007) Não tinha conseguido dormir direito, um pelo albergue, e também pela altitude, eu estava muito agitado. Caminhamos mais uns 25km por trilhas até chegar em Aguas Calientes. Finalmente um hotel descente e um bom jantar. Com isso eu estava recuperado para conhecer a mística Machu Picchu amanha.

(19.11.2007) Acordamos antes do amanhecer para aproveitar o máximo de Machu Picchu. Chegando na entrada do Parque, solicitamos o nosso merecido carimbo no passaporte :) O lugar é incrível. Como isso foi construído há tanto tempo atrás? Após passar por todos os cantos ainda resolvemos subir a Wayna Picchu. Tiramos muitas fotos. No final do dia pegamos o trem de volta a Cusco.

Chegando no hotel eu estava morto de tanta viagem, comecei a fazer o planejamento de ir amanha para a Bolívia, descobri que tem um busão direto, que para em Copacabana para fazer a travessia dos países.

Olhei para o meu lado, e meu irmão Rodrigo estava fazendo a mala para voltar ao Brasil. Pensei, pensei, e resolvi voltar com ele. Estava na hora de voltar para casa. Comprei minha passagem para amanha de manha, e com isso acabou a minha viagem de volta ao mundo.

(20.11.2007) Voltei para casa!



Gostou do blog? Se estivéssemos num bar, e eu te contasse essa história, você me pagaria um chopp? Contribua com PayPal!

Nenhum comentário:

Postar um comentário